Textos


POR ONDE ANDA?


 
aquela poetisa que está sumida...
ela mesma cuja poesia é centelha
que neste Recanto acende a vida
 

falo de uma poetisa mui brilhante
o seu nome é Anna Lúcia Gadelha
sua obra no Recanto é fervilhante
 

poetisa que há tempo está silente
e a saudade dela... a poesia sente






ARAKEN BRASILEIROARAKEN BRASILEIRO
http://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=151141









Minhas faíscas iluminavam outro lugar
Outra vida precisava do meu zelo
Seu sono, eu precisava velar
 

Hoje, a estrela mudou de plano
Acompanhei-a pranteando
Brilhando  no céu, sinto-a  acenando
 

Voltei para essa terra encantada
Por amor, eu digo: muito obrigada



















Maravilhosas interações dos grandes poetas.
Obrigada de coração, meus amigos











DONA ANNA LUCIA GADELHA
POR GOSTAR DE TANTO VÊ-LA
ELA NÃO É SÓ CENTELHA
TAMBÉM É BRILHANTE ESTRELA



62018-mini.jpg- DILSON POETA














Resultado de imagem para gif borboleta verde


















Entendemos perfeitamente a tua ausência
Estavas em uma missão sublime e Divinal
Te aguardamos com carinho e paciência


De um anjo encarnado tu estavas cuidando
Terminada sua missão foi para o Celestial
No Astral uma nova missão tinha iniciado


És um ser, uma poetisa por Deus iluminada
No Recanto mostras a sapiência e talentos
Por tudo isso és muito querida e admirada


Parabéns pela linda marca dos quinhentos
Que muitos mais venham trazer ensinamentos




170029-mini.jpg- Nogam O Beija flor

















Resultado de imagem para gif borboleta verde

















Ficou distante a nossa alegria
Coração tem um bichinho que rói,
Até entristeceu a nossa poesia
Anna, esta tal de saudade dói...



84351-mini.jpg- Trovador das Alterosas








Resultado de imagem para gif borboleta verde

















Que a cada saudade 
Você possa se sentir feliz
Ao reviver cada sonho
Que teve nas suas noites.



104443-mini.jpg- Marcus Rios








Resultado de imagem para gif borboleta verde

















Vivemos por tempo certo
com prazo de validade
e Deus sabe quando deixaremos o deserto
para irmos morar com ELE de verdade.


E quando isto acontece
nao temos que lementar, apenas chorar
porque na vida tudo fenece
e so Deus sabe quando nos levar.




39779-mini.jpg- Socrates Di Lima


















Resultado de imagem para gif borboleta verde


















Agradecimento e Parabéns


Ao  ler o seu poema de número quinhentos
Me reportou a momentos passados e felizes
Onde pude admirar sua sapiência e talentos
Que passou a nortear as minhas diretrizes



Quando entrei, por acado, neste Recanto
Ávido de leituras e conhecimentos fiquei
Encontrei seres maravilhosos, um encanto
Com isso por muito tempo por aqui fiquei



De coração, eu venho aqui lhe agradecer
O apoio e ensinamentos que me dispensou
Sem a sua ajuda seria pífio o meu conhecer
Foi seu carinho e dedicação que me motivou



Parabéns pela linda marca das 500 postagens
Todas com sua assinatura própria inconfundível
De sapiência sensibilidade e lindas mensagens
Tua continuidade neste Recanto é imprescendível





119368-mini.jpg- Eemanuel







Resultado de imagem para gif borboleta verde











Eu também tenho saudades
Desta amiga tão divina
Linda e maravilhosa poetisa
Que esta sempre em minha vida






120124-mini.jpg- cle













Resultado de imagem para gif borboleta verde


















A poetisa Anna Lúcia
Vive de nos encantar
Para prosar, tem astúcia
Oh que lindo poetar!



103449-mini.jpg- Tiago Duarte










Resultado de imagem para gif borboleta verde


















Nova estrela à poetisa ilumina
Ela mora onde a vida não termina



167551-mini.jpg- Cristina Gaspar











Resultado de imagem para gif borboletas verdes
https://www.youtube.com/watch?v=41J2dEpOj4E
Song For Anna






 


 



 
AnnaLuciaGadelha e Areken Brasileiro
Enviado por AnnaLuciaGadelha em 22/04/2017
Alterado em 12/05/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários