Textos

gotica.jpg
Não conseguiste o desapego
Não és uma pessoa bondosa
Não conheces o que é sossego
Às vezes, és um pouco venenosa
Vives em um mundo de egoísmo
Não te sensibilizas o sofrimento alheio
Estás longe da essência do humanitarismo
Calma, não precisas ter pavor e nem receio
A humanidade sempre foi vítima da perdição
A maioria age na surdina e são enganadores
Estamos muito longe da chamada perfeição
O homem não passa de um vendedor de ilusão











Diz-me, são palavras afáveis ou mordazes os axiomas que florescem através dos teus lábios?
Diz-me, doce querida, existem palavras
ásperas, em forma de versos bem feitos,
que também não sejam boas e verdadeiras?
Que não cortem como um punhal
a ignorância alheia?
Que não silenciem, por um quanta de
tempo, o desespero humano?
Então fazes sofrer até a morte a mente
tola com o beijo do teu Provérbio!
O que mais mereceria o parvo,
que vive em busca de prazeres
evanescentes, fama, elogios e honrarias, renunciando à busca pela Verdade, o
Conhecimento na Outra Margem, o Espírito
da Sabedoria? [...] O destino do homem foi selado com um castigo forjado pela loucura de sua própria mente e ações inábeis, e tu ainda ousas vestir vestes escuras como uma filha da noite?



130392-mini.jpg- Aislan Alves Bezerra


Obrigada, grande filósofo!!







Ilusão no mundo físico,
Vivemos sem perceber...
E só à luz do espírito,
As pessoas podem saber...



29785-mini.jpg- Jacó Filho





Obrigada, Mestre Jacó







Desenvolvendo à inteligência
Deveríamos proteger a terra,
Mas a maldade e incoerência
A destrói fazendo a guerra.


Vamos girando no universo
Sem um destino ou parador,
Rimando os nossos versos
Cada dia com menos amor



84351-mini.jpg- Trovador das Alterosas


Obrigada, querido amigo Trovados das Alterosas

















Resultado de imagem para borboleta gótica
https://www.youtube.com/watch?v=-gDinVAmtA0

Chopin Nocturnes
 
 
 
 
 
 
 
 
AnnaLuciaGadelha
Enviado por AnnaLuciaGadelha em 04/05/2017
Alterado em 17/05/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários