Textos


O amor inspirou minha poesia
Porque mergulhei no teu mar
Tateei na tua amada geografia
Senti minha flor desabrochar
 

O desamor inspirou minha poesia
Tropecei, caí e entortei os versos
Ah, senti minh’alma  muito fria
Meu mundo ficou muito adverso
 

Entre aromas, alegrias e dissabores
Sem covardia, sou uma mulher viva
Muitas  vezes a rainha das flores...
Porém, outras vezes perco à deriva
 

Preciso arriscar meu doido coração
Nunca me amedrontou a desilusão



















" Minh'alma, de sonhar-te, anda perdida. 
Meus olhos andam cegos de te ver. 
Não és sequer razão do meu viver
Pois que tu és já toda a minha vida! 


Não vejo nada assim enlouquecida... 
Passo no mundo, meu Amor, a ler
No mist'rioso livro do teu ser 
A mesma história tantas vezes lida!... 


"Tudo no mundo é frágil, tudo passa... 
Quando me dizem isto, toda a graça 
Duma boca divina fala em mim! 


E, olhos postos em ti, digo de rastros: 
'Ah! podem voar mundos, morrer astros,
Que tu és como Deus: princípio e fim!...' "


Florbela Espanca


Presente do meu querido amigo

62507-mini.jpg- HICS








Resultado de imagem para mão e rosa vermelha gifs 
https://www.youtube.com/watch?v=5gDFUXLN5gw
kid Abelha


 
AnnaLuciaGadelha
Enviado por AnnaLuciaGadelha em 13/08/2017
Alterado em 26/10/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários